top of page

VAI-SE A GERAÇÃO DE FERRO, SURGE A GERAÇÃO DE CRISTAL

A geração de ferro está "morrendo" e eis que surge a "geração de cristal". A geração de cristal é autodependente, autosuficiente o contrário da geração de ferro não suporta muitas críticas e intromissões. A geração de ferro está morrendo por não conseguir mais cumprir seu papel de ser mentora, guia e exemplo ou não conseguir falar à essa nova geração. A nova geração de cristal, ao contrário da de ferro, tem pouca resistência às adversidades e turbulências advindas da caminhada diária. A ausência de resistência, resiliência, entre outras coisas, torna essa nova geração uma caminhante para lugar algum, que caminha e caminha sem saber exatamente onde quer chegar. A cristalização dessa nova geração é vista na "deficiência" nos relacionamentos familiares, afetivos, morais, comerciais e institucionais. Nesse emaranhado de coisas que tem que fazer e fazer, esbarra-se na falta de objetivos claros e propósitos bem definidos.


A geração de ferro, nascida no século passado, já estão dando adeus à vida. Suas "baterias" já não suportam tanta carga e vitalidade. São uma geração de peles enrrugadas, semblantes firmes, mãos calejadas que enfrentam diábetes, hipertensão, ostoporese, Alzheimer, parkinson, osteoporose, perca de mobilidade... e também outros males tais como a solidão, depressão, o abandono familiar e o peso da vida. A geração de ferro tão resistente já se ver sendo descartada.


Boa parte da geração cristalina vive como se nada fosse importante ou urgente, a vida vai passando, nada acontece, tudo se torna flexível demais, sem imposições, relativista e enjoada. A geração de ferro já sente fortemente o abismo que se aprofunda e a distância cada vez maior entre ambas.


É natural que tudo passe. A vida terrena é transitória, mas nada impede que experiências e valores sejam transferidos de geração em geração para que a cada nova geração que surga, reforme, mais não destrua totalmente todo o conhecimento. É normal que as pessoas (sejam elas de qualquer época) tenham o direito à vida e a viverem como entendem ser o melhor, mas, não podem ir além dos limites estabelicos pelo Criador, que, como consequência, pela queda humana, ajustou Seu Manual de regras. Tornou a vida humana e seus atos mais responsíva, de modo que tudo o que fazemos aqui reflete aqui para o bem ou para o mal.


A Bíblia Sagrada é um Manual de vida para a vida. O Livro santo nos apresenta relatos de homens e mulheres de Deus do passado que por muitas vezes sucumbiram, pecaram, entristecam Seu Deus, mais foram por Ele restaurados para viveram uma vida mais ajustada com Sua vontade.


Que bom seria se houvesse maior cumplicidade entre essas duas gerações, maior equilibrio, aceitação e compreensão. Que maravilhoso seria podermos trocar "figurinhas" de modo mais amigável e conciliador. Ambas tem muito a ensinar e a aprender. Ambas tem muito a contribuir para um mundo melhor. Ambas podem se equalizar e harmonizar para que seja pessível ouvir a melodia da música da vida.


Eu sou do século passado, da geração de ferro, mais conheço muitos que estão na geração de cristal pedindo socorro, atenção e direção. Às vezes me pego com dificuldades para compreender essa geração brilhante maís flagil.




Vamos nos juntar e ajudar para que ambos se fortaleçam e consigam comungar juntos à mesa da vida.


Um abraço!


Josinaldo M.

30 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
May 23, 2023

Perfeito. Parabéns pelo texto oportuno e atual. Vivemos um choque de geração muito profundo. Precisamos nos entender melhor para caminharmos.

Like
bottom of page